quinta-feira, novembro 23, 2006

Vida Breve...


Breve são os dias
Breves as horas
Breves as brisas
que espalham sonhos
e suavizam linhas
Breve eu, breve tu
Breve e brava
Pluma ou brasa
Vida pouca
Vida outra
Vida nossa
Vida!









....

2 comentários:

Anônimo disse...

Sua escrita é, a um só tempo, telúrica, erótica e incisivamente metafísica...desejaria que muito breve o consorcio harmonioso de engenho e arte da palavra - revelados nas metamorfoses por que passa os estilos presentes aqui - estivessem à disposição em forma de livro. Porque merecedora, sua escrita, já é.

Joelson disse...

Parabéns pelo seu trabalho.