sábado, abril 11, 2009

...

Não fugir dos dias cinzas
Nem fingir esquecê-los
Sob o teto fácil
Da loucura ou da ironia

Mas Bebê-los
Extraindo a exata temperatura

Sorvê-los
Em cada tom claro ou escuro
Até que os olhos percebam:
Nem eram tão cinzas

Pairavam outras cores e tons

...

Um comentário:

Brugnera disse...

amazing!
Matheus.